20/01/2012

Faísca

Faísca. [Parece nome de cachorro].

Não é o calor da fogueira que me traz inspiração. Eu preciso de desafios, de projetos, de planos. Mas, o que me move é a fagulha, a faísca do fogo. Um estalar que desperte as emoções.

[Acabei de sentir isso há 2 minutos.]

Peguei alguém copiando descaradamente um projeto meu. Fechei os olhos, respirei fundo com força e o fogo acendeu. Chamou para briga? Não importa que copiem o que você faz. Só você sabe ser você. Abri os olhos e o fogo já estava aceso. Se eu estava com raiva dessa pessoa?! Não! Eu quase a agradeci, eu estava precisando sair do tédio. [Não, não procure me entender, eu não sou como as palavras que escrevo, não tenho a ilusão de me entender, já cansei disso. Simplesmente agora deixo ser, livre. É mais leve.]

-Agradeça, porém, todos aqueles que te desafiam, tenha-os por perto. Coloque na gaveta a foto daquele que está a sua frente e lembre-se que todo dia precisa ter algo que te mova.

A verdadeira medida de um homem não se vê na forma como se comporta em momentos de conforto e conveniência, mas em como se mantém em tempos de controvérsia e desafio.
Martin Luther King Jr.

Nenhum comentário: