07/04/2008

Os cabelos reais

Eu morava na plebe e estudava nas muralhas da nobreza. E, na plebe, a parte baixa da cidade, um corte de cabelo no Walter's era 27 reais nos fins de semana e 24 nas segundas. Eis que eu resolvi usar a hora de almoço para cortar as pontas do cabelo e da franja. Passo pelos portões reais de um shopping de gringo, protegido por dois guardiões de terno e gravata. Pergunto para a moça esquálida de magra e com um dedo de maquiagem a direção do salão do Walter's. Ela me responde sem mexer a cabeça e em um tom tão baixo que parecia um robocop: "por ali"!

Antes de entrar na galeria nobre, parei diante da informação na porta de vidro: 54 reais o corte de cabelo. Só um momento, eu queria cortar o cabelo, não implantar! Como assim 54 reais para cortar as pontas? Isso porque meu cabelo era grande. Se fosse curto sairia pela "pechincha" de 48,00! O que quer dizer que ali eu não poderia entrar. É como a Daslu, você precisa poder pagar 30 reais a hora no estacionamento para ter o direito ao deleite do consumo em sua loja.

Bom, deixa ele crescer e chegar no pé. Brincadeira, vou cortar, mas não por 54 reais. E, procurando no google os salões aqui do bairro e adjacências, descobri um que corta por só... 120, 00. Essas mulheres devem ter cabelo de fios de aço, só cortadas por alicate!

Li Mendi

Um comentário:

Aninha Barreto disse...

nossa... me diz uma coisa,a tesoura é de ouro ???? ou tem diamantes nela ??????? santo Deus!! eu choro pra pagar 12 reais num corte de cabelo!!rsrsrs!!!