02/04/2008

Mais que de repente o vale sem a ponte

Você está lá vivendo sua vidinha e, mais que de repente, se depara com o fim da estrada e o vale abissal. Como sair do lugar? Pegar um cipó e fazer um movimento pendular louco que pode, ou não, te levar ao outro lado. Caminhar muito para encontrar uma ponte segura, sem saber se ela existe. Ou, simplesmente sentar e teorizar, calcular qual melhor método de continuar.

Na vida:
Estou com um medo que tem como semente um grande desejo de fazer a minha vida por mim mesma, bater esta testa por aí. Situação enfrentada por todo mundo, nas mais variadas idades. Uma hora chega sua vez e você pode ousar com todos os riscos que vêm no pacote (ficar sem grana, não conseguir pagar a conta da luz, ter que fazer suas compras de supermercado, morrer de saudade da família e ter que matar uma barata sozinha!). Quem tentou pode errar, mas o maior erro é nunca tentar. Ficar caminhando eternamente em busca de esperar em uma pessoa um motivo para ligar a vida de “filhinha da mamãe” até o outro lado “mulher independente” pode ser mais seguro por não demandar energia de riscos, como também uma desmotivante viagem sem méritos gloriosos.

No trabalho:
Outra reviravolta no meu emprego e, repentinamente, cá estou vendo as pedrinhas e a areia caindo na beiradinha do precipício. Do nada, você se encontra no oceano do mercado novamente apenas protegido por uma bóia amarela de patinho. Nada de ficar pensando se há ponte firme para o caminho do sucesso. Vou é me agarrar no primeiro fiapo de árvore que aparecer e chegar ao outro lado. Uma aflição que tirou minha fome, ótimo, assim fico magra e melhor na foto.

No amor:
Ah! Nesse quesito, tudoooo menos sentar e chorar. Linda, se você está bem, melhore; se está ruim, melhore mais ainda ficando ou pulando fora da relação. No meu caso, posso dizer, depois de dois anos e meio dando testada no paredão até conseguir chegar ao outro lado: “eu sou feliz”.

Li Mendi

Fonte: Imagem

2 comentários:

taíza_better disse...

Oiee Li \o/
Quem eh vivo sempre aparece neh?
Ando meio ocupada, to me matando de estudar
pra passar na EEAR, por isso sumi daki!
Amei esse post, na vida agnt precisa descobrir o melhor caminho pra nossa feliciddade, e principalmente, não ter medo de vencer!!!
Bjokss Pra todas, uma ótima sexta!! ateh + ^^

Lucy disse...

Li, vou pular dessa beirada e crer que Deus me dará asas para alcançar não apenas o outro lado, mas lugares bem mais altos. =)

Bjus, miga linda!!!