29/03/2008



O maior defeito de uma pessoa é a falta de perspectivas

As mulheres, depois de queimarem os sutiãs, conseguiram mais espaço nos postos de trabalho, usaram e abusaram da sensualidade, decidiram se querem ou não ser mães e, se querem, podem programar quando isso acontecerá. Só não podiam contar com uma parcela masculina que não só aprovaria tudo isso, como tiraria bom proveito.

Se antes casar era visto como um ato impositivo para uma menina de 14 anos e uma obrigação social para um homem recém empregado, depois, passou a ser uma escolha de ambos e não um acordo entre os pais. Só que evoluiu ainda para uma etapa em que agora são eles que não desejam casar.

As crianças não querem virar gente grande cedo, mas adolescentes. E os adultos não querem ser adultos, mas continuarem adolescentes. Esse período está se estendendo aos 30 anos! Já que a mulher é independente, tem seu dinheiro, pode viver perfeitamente sozinha e não é mal vista por estar solteira depois dos 20, por que não continuar na casa dos pais e se acomodar em namoros de décadas?

Namorar dos 15 aos 20 é completamente diferente dos 20 aos 25 e muito mais dos 25 aos 30. A questão não está nos intervalos de tempo e sim na maturidade capaz de ampliar a percepção de si e do mundo! Chega um momento em que elas querem casar e eles acham natural que não tenham um compromisso sério. Forma-se o embate.

Escrevo isso depois de ver uma mesa redonda na TV Futura sobre o feminino pós movimento feminista e também porque uma pessoa me ligou chorando, pois descobriu a traição da pessoa amada. Isso após anos de relacionamento. E como minha inquietude verbal só passa quando se transforma em letras... sigo.

Veja como é complexo. Segundo essa pessoa, ela já havia proposto “n” vezes para que formassem uma vida juntos. Eis que ele sempre dava mil desculpas, perfeitamente engolidas por causa do amor, sempre o amor... Até que ela descobriu o diálogo com um amigo deste que, cruelmente, revelou o que se passa na cabeça de muitos homens: “Olha, só, não vá deixar de cuidar bem da sua namorada, ela é o certo, ela é legal. Enquanto for bom com ela, ela não te deixará”.

Quem já foi traída tem a noção da dor, mas imagino que não seja muito menor saber que está sendo agradada para não ir embora, enquanto o outro faz o que quer. O feminismo nos abriu as portas para podermos nos separar sem que a nossa constituição nos puna por isso. Porém, muitas vezes falta às mulheres a coragem para enxergar em seus parceiros que estão levando em banho Maria e não querem nada com elas. Se querem, não tem coragem.

Ontem, lendo ao acaso uma revista, me deparei com uma entrevista ping-pong (perguntas-respostas) com a cantora Marina Elali, aquela do programa Fama. “Qual o maior defeito em uma pessoa?”, lhe perguntaram. Saindo dos clichês egoísmo, arrogância e mau humor, ela deu um tapa: “O maior defeito é a falta de perspectivas”.

Um segundo para o Putzzzz, é mesmo! Rs.

Por isso, há que se quebrar algumas desculpas incoerentes dos homens:

1- Não quero casar porque acabei de me formar.
Se ele não tiver dinheiro, pode tomar a atitude de abrir uma caderneta de poupança, começar a estabelecer metas e previsões. Agora, se pensa que precisa atingir tal posto para estar maduro para viver a dois, se equivocou. O trabalho amadurece profissionalmente e não no quesito amor. Você aprende a ter um relacionamento, tendo. Ninguém faz escolhinha de casamento. Só se sabe beijar, beijando. Principalmente para o caso daqueles que almejam subir na hierarquia, haverá sempre a ânsia de mais um desafio, um curso, uma viagem progressivamente. A bola de neve nunca irá parar.

2- Eu sou muito novo.
Antigamente, os homens se casavam aos 20 e hoje são os que possuem casamentos de 30, 40 anos de duração. O que está embutido nesta desculpa é que o crianção não quer se abster de comer a comida da mamãe para ter que entrar em um supermercado e dar 4 reais em um quilo de feijão e 4 em uma garrafa de óleo. Isso significa que não poderão gastar sua grana toda com curtição. A questão não é a idade. É o fato de enquanto tê-la, poder usar economicamente ao seu favor. Ele é capaz de fazer faculdade, viajar para o exterior sozinho, dirigir, pagar as pequenas contas pessoas, mas se acha um “animal irracional” para viver com sua mulher em outra casa, como se lá fossem fazer coisas que nunca fizeram como: jantar, lavar a roupa, pagar a conta de gás.

3- Conheço a história de mil pessoas que casaram cedo e deu errado. –argumentam.
Deu errado porque não eram para dar certo com qualquer idade. O fato é que as verdadeiras razões estavam camufladas na desculpa “idade”. Cada um faz a própria história. Gosto de uma frase de minha mãe: “As pessoas que dizem que casamento é a pior coisa são infelizes.”

4- Está tão bom que não sei por que de uma hora para outra você quer mudar.
O problema é que ELE não vai querer mudar nunca. É cômodo viver a própria vida individualmente e, nos fins de semana ter você linda e cheirosa para sair, transar e depois te devolver na porta de casa com uma bitoca de “boa noite”.

A pessoa de quem falei acima acrescentou: “E o pior é que você vai ter esperado 10 anos para depois ele querer, mas com outra. O que nos falta é orgulho próprio. Fica uma sensação horrível de ser só “um divertimento que não merece comprometimento porque é muito cômodo”.

Além disso... Muito além... E pior: A sensação de ser uma idiota boazinha que aceita todas as desculpas e ainda acha, no final, que ele está certo e que somos as opressoras malvadas, imaturas, impulsivas e antiquadas!

Vira o tabuleiro para o outro lado:

- Elas dizem: “Ahhh, mas já que não tem outro, vou ficar com ele enquanto amadurece”.
Pode ser que tenha sorte, mas, enquanto estiver com alguém, não vai enxergar tão bem os outros e estará com seu caminho totalmente fechado, mentindo para si mesma. No dia em que o enrolão resolver achar a “outra” também, você vai perceber o tempo que jogou fora.

-Mas vou pôr por água abaixo tudo o que vivemos?
Não, vai colocar em um bauzinho aí dentro e agradecer pela experiência. Uma vez demorei uma hora para fazer um texto complexo e fiquei toda orgulhosa. Uma amiga me disse: “Você não levou uma hora, mas 23 anos”. Você demora a tomar uma atitude na sua vida quanto menos experiência teve. Quanto mais “apanhou”, mas rápido vai pular da água quente.

-Ele é assim, mas é uma boa pessoa, é inteligente, honesto, não fuma...
Claro, ou acha que a população é composta de trogloditas e ele é a exceção, “A Lenda”? Você só precisa saber se admira as qualidades dele ou o ama pelo que ele demonstra de afeto e comprometimento com você.

Estava lendo o obtuário do criador do Pão de Açúcar, a primeira e maior rede de Supermercados do Brasil e fiquei admirada com aquele homem. Chegou imigrante no Rio, trabalhou em uma padaria, juntou dinheiro e montou uma confeitaria. Depois, vendeu e fez sua mercearia, que virou o primeiro supermercado, onde as pessoas escolhiam os produtos sem ajuda de ninguém. Uma empresa ofertou comprar seu empreendimento e ele não aceitou. Alguns anos depois, comprou esta mesma empresa! Daí para a fortuna de bilhões foram muitos passos ousados.

As pessoas que são capazes de não aceitar tudo como está, que tem coragem e orgulho próprio de se inconformarem com o pouco que lhes oferecem podem de fato ter uma história menos medíocre a se contar. Quem deixa de sentir pena de si mesmo e se arrisca a dar passos atrás para dar impulso para um salto a frente são honestas consigo mesmas.

Li Mendi

p.s: Já fiz jornalismo, agora publicidade, sinto que um dia ainda farei psicologia.

Fonte: Imagem 1,Imagem 2,Imagem 3.

10 comentários:

mellzinhaaa disse...

liiiiiiiiiii... saudades!
seus textos sempre perfeitos (L)
é muito complicado esse assunto de 'assumir um compromisso serio' :/

Laila disse...

"-Ele é assim, mas é uma boa pessoa, é inteligente, honesto, não fuma...
Claro, ou acha que a população é composta de trogloditas e ele é a exceção, “A Lenda”? Você só precisa saber se admira as qualidades dele ou o ama pelo que ele demonstra de afeto e comprometimento com você."


Nossa, não poderia ter vindo mais a propósito.
Obrigada!!

Jonas disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Li disse...

-oi meninas!
Pois é, assunto complexo, mas tão cotidiano. Sempre vemos alguém passar por isso.
Eu que agradeço pela visita de vcs. Beijocas!

Aninha Barreto disse...

Li, definitivamente esse texto é um tapa com luva de pelica!!!!!!!! amei!!!!!!!!!

Lucy disse...

É meninas, os textos dela são sempre instrutivos e divertidos! Quero ser assim quando eu crescer! (risos)

Li, adorei o texto! Principalmente a parte das desculpas amarelas, hehehe. A vida e tão simples, mas o povo complica e quer viver sozinho e enfim...

Apesar de concordar em grande parte com o texto, é uma pena percebermos essas coisas e não podermos fazer nada a respeito. Temos que respeitar as escolhas de cada um, levarmos a vida em frente e ver no que vai dar. =)

Bju, miga! To com saudade!

Ana Carolina disse...

Ai ai Li...adorei o texto...bem, muitos me recriminam exatamente por namorar anos a fio a mesma pessoa...acham que não existe pespectiva...mas é engraçado..enquanto eu tenho planos..essas pessoas que já são adultas agem nos relacionamentos tais quais adolescentes descobrindo a ficada!!!rsrsrsrs...chega a ser engraçado receber um"vc vai casar cedo, para que assumir essas responsabilidade?!"...acho que sou um das únicas que manteve um relacionamente desde nova...Me sinto "velha" as vezes por isso...rsrs...mas sei que a maturidade não significade idade!

eliane disse...

Oi, Aninha. Pois é... quem namora desde cedo tava estudando, crescendo e tal. Tem um motivo. Mas digo uma pessoa que já está mais lá na frente... ai fica postergando e o dia nunca chega rs.
Mas vc falou bem, não adianta achar que idade é alguma coisa! Eu me considero vó já hahaha.
Uma beijoca linda.

Li disse...

Lucy, concordo contigo tb. a gente não pode mandar na vontade dos outros. agora nas nossas pode, por isso, como disse no texto, a gente tem que decidir se quer e suporta ficar esperando o outro mudar. um beijo no coração minha amiga-irmã.

luana disse...

"-Ele é assim, mas é uma boa pessoa, é inteligente, honesto, não fuma...
Claro, ou acha que a população é composta de trogloditas e ele é a exceção, “A Lenda”? Você só precisa saber se admira as qualidades dele ou o ama pelo que ele demonstra de afeto e comprometimento com você."

Realmente veio no momento certo essa frase para mim...
Beijocas