18/09/2007

Voar juntos

Fonte da imagem: Site Animais em PerigoConta uma velha lenda dos índios Sioux que, uma vez, Touro Bravo, o mais valente e honrado de todos os jovens guerreiros, e Nuvem Azul, a filha do cacique, uma das mais formosas mulheres da tribo, chegaram de mãos dadas, até a tenda do velho feiticeiro da tribo..

- Nós nos amamos... E vamos nos casar, disse o jovem.
E nos amamos tanto que queremos um feitiço, um conselho, ou um talismã.... Alguma coisa que nos garanta que poderemos ficar sempre juntos... Que nos assegure que estaremos um ao lado do outro até encontrarmos a morte. Há algo que possamos fazer ?

E o velho emocionado ao vê-los tão jovens, tão apaixonados e tão ansiosos por uma palavra, disse :

- Tem uma coisa a ser feita, mas é uma tarefa muito difícil e sacrificada... Tu, Nuvem Azul, deves escalar o monte ao norte dessa aldeia, e apenas com uma rede e tuas mãos, deves caçar o falcão mais vigoroso do monte e trazê-lo aqui com vida, até o terceiro dia depois da lua cheia.

- E tu, Touro Bravo, continuou o feiticeiro, deves escalar a montanha do trono, e lá em cima, encontrarás a mais brava de todas as águias, e somente com as tuas mãos e uma rede, deverás apanhá-la trazendo-a para mim, viva !

Os jovens abraçaram-se com ternura, e logo partiram para cumprir a missão recomendada... No dia estabelecido, à frente da tenda do feiticeiro, os dois esperavam com as aves dentro de um saco.

O velho pediu que com cuidado as tirassem dos sacos e viu que eram verdadeiramente formosos exemplares...

- E agora o que faremos?
Perguntou o jovem! As matamos e depois bebemos a honra de seu sangue ?

- Ou cozinhamos e depois comemos o valor da sua carne?
Propôs a jovem.

- Não ! Disse o feiticeiro...
-Apanhem as aves e amarrem-nas entre si pelas patas com essas fitas de couro... Quando tiverem amarradas, soltem-nas, para que voem livres.

O guerreiro e a jovem fizeram o que lhes foi ordenad, e soltaram os pássaros... A águia e o falcão, tentaram voar mas apenas conseguiram saltar pelo terreno. Minutos depois, irritadas pela incapacidade do vôo, as aves arremessavam-se entre si, bicando-se até se machucar.

E o velho disse:

- Jamais esqueçam o que estão vendo! Este é o meu conselho.
Vocês são como a águia e o falcão. Se estiverem amarrados um ao outro, ainda que por amor, não só viverão arrastando-se, como também, cedo ou tarde, começarão a machucar-se um ao outro...

Se quiserem que o amor entre vocês perdure...

"Voem Juntos...mas jamais amarrados"


(Texto enviado por e-mail pela Karine)

*Blog Sem Rasura ("Porque também temos papo-cabeça!")
: Fábrica de ídolos >>

7 comentários:

Tita disse...

Nossa que texto legal!
Eu acho que isso é essencial pra que um relacionamento dê certo. Um casal deve ser essencialmente companheiros um com o outro, confiando sem formalidades ou algemas.
=)
Beijoo!

Paula disse...

Tbm gostei!
Apesar de achar dificil ficar um minuto desgrudada do meu gatinho qdo ele tá cmg.

Um dia, daki há 2 anos, eu acostumo a está com ele todos os dias e qm sabe n desgrude um pouco?!

bjos!

Paulinha disse...

eu já conheço esse texto... é deveras muito lindo!!!!

mell disse...

lindo o texto!
meio q identifiquei ele com a musica do jota quest - mais uma vez!
"te tenho com a certeza q vc pode ir, te amo com a certeza q irá voltar... hj mais do q nunca somos dois, a nossa liberdade eh o q nos prende..."

tdo o casal tem q ter uma certa liberdade... tah certo q quando amamos muito uma pessoa, temos vontade de naum desgrudar, de querer estar sempre presente.
mas naum podemos esquecer q 'amor demais', 'presença demais' pode acabar sufocando!
=)

Li disse...

Belíssimo não é?!
Meninas, vcs fazem esse blog ainda mais lindo!
Li

Ká disse...

Li td bom linda?
faz tempinho q nao comento aqui emobra entre quase todos os dias pra ler os textinhoss...
esse texto eh mto lindo e quis mto compartilhar com vcs!!!
veio na hora certa rss...
bjinhos
sdds linda

Lucy disse...

Ká, mto lindo o texto! É uma verdadeira lição de vida não apenas para relacionamentos românticos, mas para qualquer relacionamento (amizade, pais e filhos, etc). Qualquer relacionamento necessita de liberdade para existir e ser espontâneo em sua demonstração.

Eu aprendi a lição desse texto da maneira mais difícil, mas eu creio que é assim mesmo q as coisas acontecem. Dificilmente iremos entender pq a liberdade é tão importante se não for uma lição tão forte que te marque na alma e não te deixe esquecer nunca mais. Hoje, eu vivo isso de maneira "automática" (como quem entra no carro e automaticamente puxa o cinto de segurança, às vezes, nem percebe que está com o cinto, a pessoa apenas fez o q já está acostumada há tempos), ou seja, não tenho mais aquele processo de sentir a agonia e ter q fazer uma sessão de auto-ajuda repetindo, como se fosse um mantra: "calma, não pode fazer assim, tem que ser de outro jeito e..." entendem? Já é automático. A situação acontece, eu já tenho a reação trabalhada então, ela apenas manifesta-se. Pronto.

E a música do J. Quest expressa mto bem isso. É dando liberdade que se tem a ctz de que "é pra ser". Entendem? Porque dizem que, ao soltar o pássaro, se ele voltar é porque quer. Se não voltar, foi por escolha, que temos de respeitar. =)

*suspiro* quem dera todos pudessem aprender sem ter de sofrer tanto...

bjos, estou mto feliz com a colaboração de vcs, porque estou tão cheia de coisas na cabeça esses tempos que a Li, tadinha, tá cuidando dos blogs sozinha! =PPP
Ajudem ela, meninas!!! \o/ (rsss)