11/07/2007

A vida me ensinou a lutar pelo que é meu


Nasci em MG, no interior, onde passei 9 meses de minha pequena vida. Fui morar no RJ até a minha adolescência. Aos 16 anos, conheci o meu futuro marido, em um bar de Bonsucesso. No primeiro dia já quis conhecer minha família para pedir autorização para sair comigo (eu estranhei já que nunca tinha levado nenhum namorado em casa), mas vamos ver o que vai dar.

Nesse dia estava de castigo, pois tinha chegado muito tarde da noite anterior. Mas minha mãe impôs alguns critérios como horários de chegada, depois de muitos questionamentos eu fui. Namoramos alguns anos já fazendo planos para o futuro, ficamos noivos e tudo perfeito até a data que ele passou para a FAB. Quando me deu a notícia já sabia que teria alguns problemas, pois os homens da minha família são
militares.

No término do curso descobrimos que iria para Manaus, puxei algumas informações e descobri que não era tão ruim como pensava. Tinha 22 anos nessa época. Passe a notícia para família que iria casar e mudaria de Estado. No dia da minha partida, 12/02/1999 foi uma comoção geral, amigas na porta de casa para se despedir, tio me dando os últimos conselhos e vó se escondendo para não ver minha ida. Chegamos em Manaus, de madrugada. Quem não conhece Manaus, vou explicar, você de um avião não vê nada, só mata fechada, uma escuridão plena.

Bem fui morar num bairro bom, passamos bons momentos, pela falta de água constante resolvemos mudar, fomos para um pouco mais longe, mas uma casa boa, sem vizinhos, só uma padaria para que eu engordasse mais ainda, com a falta de atividade em uma terra que eu não conhecia cheguei a 108 Kg. Parei, pensei e decidi que não queria aquilo pra mim. Fui assaltada dentro de casa, acordei com o rapaz de aproximadamente 18 anos dentro do meu quarto, acho que quando levantei da cama ele se assustou mais do que eu. Liguei para o esposo que prontamente veio para casa já que nesse dia estava de serviço. Resolvemos nos mudar para mais próximo do trabalho dele.

Voltei a estudar e arrumei um trabalho, na época era auxiliar de enfermagem. Melhor experiência da minha vida foi trabalhar em um hospital público na Amazônia. Já estávamos em 2001 quando abriu as inscrições para Sargento Temporário do Exercito Brasileiro. Passei na prova prática até hoje nem sei como, pensando na minha avó como se estivesse esperando na chegada. Nesse período já tinha começado as viagens dele pelo Brasil. Ficava muitos dias sozinha. Passei por várias coisas na minha vida... testemunha de assassinato e eu sozinha... amigo se matou com tiro na cabeça em pleno serviço e ele viajando...a maioria das festas (aniversário, casamento de amigos e irmãos, viagens) e eu sozinha.

Não o culpo, ele aceitou para aumentar o salário, mas sempre soube que a distância afastava os sentimentos e abria as portas para os novos desafios da vida. Fomos morar em Vila Militar, tantas mulheres sem fazer nada, cuidando da vida dos outros e acredite na cara de pau.

Começa a nova fase do casamento.

Sempre que chegava de viagem ele vinha com uma nova, que eu passava muito tempo fora de casa, só pensava no trabalho e que saia demais com as amigas para o salão. Explico: Nunca fui de ficar em casa, sempre gostei de dançar e passear e nunca me prendi a fazer estas coisas mesmo na ausência dele. Em fevereiro de 2005, veio o primeiro golpe: Ele depois de me tratar como se fosse a última mulher do mundo que ele nunca ficaria pois, segundo ele vivia de “macho” dentro do carro, tentando fazer com que eu me sentisse ruim.

Nesta mesma noite ele, aos prantos, me contou que tinha engravidado uma mulher em Sinop (MT), (obs: era a primeira vez que tinha ido para essa localidade), fiquei muito chateada, não pelo fato dele ter engravidado uma mulher e sim por ele ter transado com ela sem camisinha. Traição já sabia de algumas histórias, mas o que os olhos não vêem o coração não sente. É verdade. Mas aquilo me abalou de tal forma, que me atrapalhou na faculdade, foi o único período que fiquei em prova final. Decidi sair de casa e morar de aluguel. Militar, estudante de faculdade particular e pagando aluguel... imagina meu desespero. Decidi nas férias ir para casa de minha mãe em Brasília, pensar na vida e resolver os próximos passos.
No meio da minha reflexão, uma ligação.

Ele contando:
_ Antes que alguém te conte...
Foi assim que soube da outra mulher em Jacareacanga, isso mesmo, Jacareacanga no PA, grávida também. Mas como, outra camisinha furada...??? Não foi realmente o que eu pensava, irresponsabilidade. Bem com certeza estou fazendo a coisa certa... vivendo a minha vida, pensando no futuro e nos meus objetivos. Fui para Salvador na casa de uma amiga para espairecer minha alma.

Depois do divórcio recebi minha vida de volta, sem preocupações e sem filhos (sempre priorizei meu lado profissional). 12 anos de relacionamento e 6 de casamento.
Vive muito... tudo que não tinha vivido na minha adolescência e no meu casamento.
Posso dizer hoje, aos 31 anos que vivi em 2 anos o que não vivi a minha vida toda. Pessoas passaram na minha vida, amigos ficaram alguns no coração e outros na alma.

Aqueles eternos que me deram força, dividiram comigo o luto e as dívidas, aqueles que pedem para voltar, para me ter por perto, momentos especiais, difíceis, tristes, alegres e emocionantes. Coisas que nunca pensei em viver na minha vida, já que tinha um homem que me completava e pensava que era insubstituível. Hoje sei que ninguém é insubstituível, depois de uma separação e só conseguir colocar outro que lhe dê carinho na sua cama que tudo se ameniza não se resolve, mas vê a vida por outro lado da moeda.

Se o amo ainda, acho que sim, pra mim tem várias formas de amor, mas acredito mais no livre arbítrio que Deus nos deu. Você consegue seguir seus objetivos vivendo a vida, sem ferir ninguém e curtindo sem desviar os obstáculos, pois eles que te dão força para seguir o amanhã.

Hoje, depois de terminar minha faculdade e o serviço do EB, resolvi voltar para casa (moro com minha mãe e irmão), começar de novo mais difícil que continuar, vou vivendo como Deus me leva, aonde me chamar eu estou indo, nesse mundo a única alternativa é viver... que sacrifício hem?!?!?!?!?!

Aqui deixo um texto que levo na pagina do meu orkut, sigo como lema.


MINEIRA DE NASCIMENTO
CARIOCA DE CORAÇÃO
MANAUARA DE PAIXÃO
CANDANGO DE OPÇÃO MOMENTANEA
ENFERMEIRA POR TODA A MINHA VIDA
ASSIM VOU PASSEANDO PELO MUNDO DEIXANDO AMORES E AMIGOS, COM O CORAÇÃO NA MÃO OFEREÇO TODO O MEU CARINHO PARA AQUELE QUE UM DIA CONTRIBUI PARA O MEU CRESCIMENTO, SEJA PELO LADO BOM OU RUIM SEMPRE TIREI UMA BOA LIÇÃO E VOU CONTINUAR SENDO...

Amiga, romântica, carinhosa, leal, estudiosa, gentil, bem humorada, delicada, aventureira, mimada, esperta, fiel, maravilhosa, inteligente, única, autêntica, elegante, charmosa, linda, insubstituível, necessária, apaixonante, 100% atitude, indescritível, talentosa, carente, humilde e C O M P L E T A.


Pros erros há perdão;
pros fracassos, chance;
pros amores impossíveis, tempo...
Não deixe que a saudade sufoque,
que a rotina acomode,
que o medo impeça de tentar.
Desconfie do destino e acredite em você.
Gaste mais horas realizando que sonhando,
fazendo que planejando,
vivendo que esperando porque,
embora quem quase morre esteja vivo,
quem quase vive já morreu.
O MELHOR PRESENTE DEUS ME DEU... A VIDA ME ENSINOU A LUTAR PELO QUE É MEU!!!!!!!!!!!!
(Esta página do diário foi escrita por ANDRÉA GIULIANE)

5 comentários:

Li disse...

Quantas voltas a vida dá. Como uma roda gigante. O importante é não desistir. Aprender e seguir em frente, principalmente nos amando acima de tudo!
Parabéns pela coragem!
Beijos.
Li

Jéssi disse...

nossa.... uma guerreira realmente... parabens pela força de mudar o ruma da sua vida e seguir em frente.....
beijos

Aninha Barreto disse...

nossa!!!!! surpreendente!!!!!! parabéns pela garra e coragem de lutar pelo que é seu!!!!!

meninas, capitulo novo no romance militar tão iguais e tão diferentes

www.taoiguaisetaodiferentes.blogspot.com

Quel disse...

Nossa...Parabéns pela força!
Realmente o mais importante é amar a si mesmo antes de qualquer coisa neh?!
Beijinhos

fernanda disse...

nossa to aki dde queixo caido....
sua for�a � um exemplo para todas n�s...em tudo....

bjs p vc..e parabens por ser quem eh...

meninas pessem no meu blog viu...bjs p td...t+