04/06/2007

A FALTA QUE VOCÊ ME FAZ

Noite fria e chuva caindo impiedosa lá fora. Diante da tela do computador, eu tento me distrair conversando com três pessoas ao mesmo tempo no MSN, mas alguma coisa está faltando... falta você aqui do meu lado, me abraçando, me beijando e me chamando de “meu anjo, “minha linda”.
Você não sabe, mas esses pronomes “meu, minha”, quando pronunciados por você, deixam de ser simples pronomes da Língua Portuguesa e passam a ter uma dimensão muito maior, um significado muito especial na minha vida.
Quando seus olhos mergulham nos meus e você me chama de MINHA, toda a saudade dos dias sem você se reduz a nada, e eu só peço, suplico a Deus, que seja complacente com meu coração e faça o tempo parar por alguns instantes para que eu possa sentir a sua presença um pouco mais.
Mas o relógio nessas horas, se torna meu maior inimigo... e logo chega o momento da despedida. Mais uma vez eu verei o ônibus te levar para longe de mim... e eu ficarei aqui... com o triste e ao mesmo tempo, lindo sentimento da saudade.

Texto escrito ao som de “Sacrifice”** – Porque viver um amor militar, é um sacrifício diário, pois convivemos com a distância, a saudade, as datas especiais que dificilmente comemoramos como desejamos!

Um beijo no coração de todas!!!!!!

Ana Paula – uma eterna abandonada...rs

>> Como diz a Anastácia, uma vez abandonada, SEMPRE abandonada!

Um belo fim de semana a todas!!!!!


(Esta página do diário foi escrita por Ana Paula)

2 comentários:

aninha disse...

hello girls!!!!! td bem ???? feriadao chegando!!!! finalmente!!!!!!

Nathy disse...

Texto escrito ao som de “Sacrifice”** – Porque viver um amor militar, é um sacrifício diário, pois convivemos com a distância, a saudade, as datas especiais que dificilmente comemoramos como desejamos!


é verdade, minha amiga!
Sem duvidas, falou e disse...

Amo!

Bjoss!