27/05/2007

Eu tenho medo


Eu estava aborrecida, muito aborrecida mesmo, quando comecei a ouvir uma música do Cazuza (clique aqui!):

Quando a gente conversa
Contando casos, besteiras
Tanta coisa em comum
Deixando escapar segredos
E eu não sei que hora dizer
Me dá um medo, que medo

Eu preciso dizer que eu te amo
Te ganhar ou perder sem engano
E eu preciso dizer que eu te amo
Tanto

(...)

É que eu preciso dizer que eu te amo
Te ganhar ou perder sem engano
Eu preciso dizer que eu te amo, tanto

Eu já nem sei se eu tô misturando
Eu perco o sono
Lembrando cada riso teu
Qualquer bandeira
Fechando e abrindo a geladeira
A noite inteira

Eu preciso dizer que eu te amo
Te ganhar ou perder sem engano
Eu preciso dizer que eu te amo, tanto



Peguei o celular e liguei para o meu amor e disse-lhe: “te amo”, só liguei para dizer isso. Ele não entendeu nada, e não era para entender. Porque as vezes eu simplesmente preciso dizer que “eu te amo”. Te ganhar ou perder, nesse jogo da vida é algo tão difícil. Te perco para tantas missões, suas provas, seus serviços. Me dá um medo. Que medo. Eu perco o sono. Eu já não sei se estou misturando saudade com raiva, um pouco de criancisse, querendo só colinho. E nessa novela eu não quero ser tua amiga, porque eu preciso dizer que eu te amo. Porque eu quero tanto que dê certo. Fico lembrando cada riso teu, qualquer bandeira...

Eu sei que a chance de dar errado é tão grande e eu não quero parar. Me perdoe por ser tão fraca, mas é tanta coisa incomum que eu não sei em que hora dizer, eu tenho medo!

Eu não quero te perder, eu sei que até o tempo passa arrastado só para eu ficar do teu lado, te pôr nos braços e te amar com cuidado e conhecimento, porque sei de todas tuas manhas. Te amo tanto...

Você, eu, nós, temos tantos altos e baixos, ficamos ali pertinho do precipício. Mas sempre chega uma hora de voltar a ser louca e acreditar. Já me disseram tanto que estou iludida, vendo flores demais no meu caminho. Virou ladainha. Ouço por aqui que vou quebrar a cara, que vou ser infeliz e tanta coisa...

Mas eu sei que posso tirar aquela farda e ter só meu civil. Eu sei que ele é mais que um militar, eu sei que ele é meu amor. Eu sei que ele não é aquelas estrelas no ombro, ele não é aquela boina, ele é um homem comum. Não quero acreditar que seus erros são por causa de sua profissão. Eu te conheço você por dentro, eu te conheço além do poder que você exerce. Eu te tenho comum, um cara qualquer. Não preciso de nada além de você puro e simples, havaiana- camisa- branca. Porque o teu cheiro gostoso depois do banho é muito bom, eu sei que pudim engorda, mas você gosta, que posso fazer? Eu faço. Vê, nessa novela, eu não quero ser só tua amiga. É que eu preciso dizer todo dia, eu te amo.

Um dia após o outro e a tristeza vai embora. A chuva cessa uma hora, as lágrimas também. Hoje eu te disse: "Vai passar"... E sabemos o que isso quer dizer tão bem. Lá na frente, na janela do futuro eu vou andar contigo na beira da praia de mãos dadas. Eu vou ser loucamente apaixonada pelo mesmo homem todo dia. E se eu morrer antes disso, e se eu não viver, eu vou estar do outro lado te amando também.

E se nada der certo, eu não vou me arrepender, porque eu acreditei. Enquanto a gente acredita, tudo vale a pena, porque a alma não é pequena, como diz o poeta Fernando Pessoa. O mundo nunca acreditou em nós, já juraram nosso fracasso tantas vezes e estamos aqui para dizer "eu te amo tanto..."

É tão ruim estar só, mas não sou só, você está aqui comigo, batendo com força no meu peito, te arrancar daqui não dá. Eu não teria escrito minha história desse modo, eu riscaria todos os dias ruins, mas eu talvez não seria mais forte do que hoje sou. Eu não teria colocado nela essa saudade tão grande, mas também não teria escrito alguém como você. Diferente, incomum e como pode eu ainda precisar dizer que te amo?

Eu sofro, não me engano, mas também sou tão feliz como nunca fui. Eu já não sei viver sem lembrar de cada jeito teu... Dá um nó aqui na garganta.

Eu preciso dizer, eu amo.


Li

2 comentários:

Nathy disse...

Nossa!!!

P-E-R-F-E-I-T-O!

Era justamente oq eu estava precisando ler, saum os meus pensamentos aih agorah digitados...

Bjos!!

ps. kem escreveu o texto!?

;)~

mell disse...

P.E.R.F.E.I.T.O²